Portal do Governo Brasileiro

  • A A A


  • Nota oficial sobre ocorrência durante a Assembleia do Sinasefe, nas dependências do IFC Camboriú



    Logo_IFC_vertical_Camboriu
    O Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Camboriú vem a público, por meio desta nota oficial, esclarecer a situação ocorrida na tarde de ontem, 24/10/18, durante a Assembleia Extraordinária do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe) – Seção Litoral, realizada no campus.

    Os servidores sindicalizados de diversos campi do IFC estavam debatendo sobre as pautas da seção, quando perceberam que uma das pessoas presentes estava filmando a assembleia. Quando questionada se era servidora e de qual campus, a participante disse que pertencia ao IFC Araquari e que estava na reunião para conhecer o Sindicato. Logo, os servidores sindicalizados perceberam que havia mais pessoas participando da reunião e que não eram servidores e nem sindicalizados. Acusações sobre incitação política começaram a ser feitas desrespeitosamente por parte destas pessoas (que não quiseram se identificar ou usaram de identidade falsa) e a direção do IFC Camboriú foi até o local para intervir. Devido à proporção do caso e da forma desrespeitosa de como estavam sendo tratados os servidores, a direção optou por chamar a Polícia Militar (PM) de Camboriú para registrar os devidos Boletins de Ocorrência (B.O) e iniciar a tomada de providências legais cabíveis. A instituição destaca ainda que não há interferência nas pautas discutidas nas Assembleias do Sinasefe e o caso somente teve a intervenção da Direção por conta das agressões verbais e da iminência de problemas de maior proporção.

    O Instituto Federal Catarinense (IFC) – Campus Camboriú tem em sua missão proporcionar uma educação profissional, comprometida com a formação cidadã, a inclusão social, a inovação e o desenvolvimento regional. E é com base nessa missão – na formação cidadã e democrática – é que estamos sempre dispostos a dialogar, de forma respeitosa, para resolver e mediar discussões que possam acontecer dentro da instituição. Ressaltamos que o IFC, por intermédio da Procuradoria Federal, irá tomar as medidas legais cabíveis a respeito da repercussão do caso. O IFC repudia toda e qualquer forma de violência, seja verbal ou física, e trabalha em prol da presença da democracia em todas as situações.