Portal do Governo Brasileiro

  • A A A

  • Suporte básico nas situações de urgências e emergências

    Os serviços de atendimento pré-hospitalar móvel devem contar com equipes de profissionais oriundos ou não da área da saúde. Considerando-se que as urgências não se constituem em especialidade médica ou de enfermagem e que nos cursos de graduação a atenção dada à área ainda é bastante insuficiente, entende-se que os profissionais que venham a atuar nos Serviços de Atendimento Pré-hospitalar Móvel (oriundos e não da área de saúde) devam ser habilitados pelos Núcleos de Educação em Urgências e que cumpram o conteúdo curricular mínimo nele proposto – Capítulo VII/Portaria nº 2.048 de 05/11/2002 do Ministério da Saúde.
    Ao final do curso de formação, os participantes deverão:
    a) receber e registrar a solicitação de socorro;
    b) deslocar-se até a cena de emergência, avaliá-la e informar a situação;
    c) solicitar ajuda adicional que seja necessária e assegurar a cena de emergência;
    d) obter acesso até a pessoa e avaliar suas condições;
    e) selecionar todos os equipamentos e materiais necessários para o atendimento da pessoa;
    f) estabilizar a pessoa na cena da emergência;
    g) manipular e transportar a pessoa;
    h) informar a condição da pessoa e os tratamentos ministrados,
    i) preparar os equipamentos e materiais para uma nova chamada.

    Área de atuação do profissional: Segurança Pública

    Oferta do curso
    Por demanda fechada/convênio

    Carga horária: 270 horas

    Requisitos para ingresso:
    Ensino médio completo/maior de 18 anos

    Faixa etária: jovens e adultos com 18 (dezoito) anos ou mais

    Corpo docente:
    Marcos Heinig
    Flávia de Souza Fernandes